Notícias

Agilidade na abertura de empresas em até 24 horas é apresentada ao Setor Comercial de Barueri

Ação contempla empresas classificadas como de baixo risco, pontuou presidente da JUCESP

As inovações que a Junta Comercial do Estado de São Paulo (JUCESP) vem promovendo para melhorar o ambiente de negócios aos empreendedores paulistas foi tema de um encontro com empresários e contabilistas de Barueri. O evento conhecido como ‘Café com Negócio’, e organizado pela Associação Comercial e Industrial de Barueri (ACIB), reuniu cerca de 100 pessoas do setor produtivo local.

Ministrada pelo presidente da JUCESP, Walter Ihoshi, a palestra teve como principal tema a agilidade no processo para a abertura de empresas, conhecida como 24 horas. O processo foi uma remodelação nos procedimentos de constituição tornando mais eficiente e menos burocrático aos usuários o caminho para ingressar no empreendedorismo com um negócio próprio. O procedimentocontempla apenas empresas de baixo risco enquadradas nos tipos jurídicos: Empresário Individual (EI), Eireli e Limitada.

“Recebemos do governador João Doria o desafio de revisar o fluxo de entrada dos documentos para dar mais agilidade no processo de constituição de empresas. E nestes sete meses que estamos à frente da Junta, temos conquistado um resultado bastante expressivo, tendo casos que conseguimos abrir uma empresa em apenas três horas”, pontuou Ihoshi, destacando o trabalho conjunto dos funcionários da JUCESP para a rapidez na ação.

Segundo dados estatísticos, em agosto de 2018, foram abertos 18.476 novos negócios com média de prazo para o processo de abertura de 3,3 dias. No mesmo período, em 2019, o fluxo aumentou para 22.155 empresas abertas em um período de 24 horas cada. Uma ‘economia’ de 2,3 dias para as novas constituições.

“A mudança de sede não foi apenas de espaço físico, mas, também, de rotina de trabalho. Ou seja, todas aquelas práticas ficaram lá na Barra Funda. Hoje, a Junta Comercial do Estado de São Paulo olha para o futuro com a finalidade de entregar cada vez mais um serviço ágil e menos burocrático”, ressalta.

Essa ação integra a nova política implantada na Junta Comercial pelo governador João Doria como meta de tornar a autarquia totalmente digital. “Todo o trabalho realizado na JUCESP tem um comprometimento com o desenvolvimento da economia do Estado. São Paulo é vitrine para o país, e por isso essa responsabilidade que nos foi incumbida”, ressaltou Ihoshi.

___________________________________________

Assessoria de Comunicação e Eventos da Jucesp